Entre em contato

email: alexandre65@gmail.com
msn: alexandre65@gmail.com
www.twitter.com\alexandregalves

Tá difícilde achar? Não encontrou? Pesquise aqui!

Pesquisa personalizada

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

A polêmica dos motoboys

Os motoqueiros entraram 2008 em meio às novas regras aprovada pelo DENATRAN que vão desde exigência do selo do INMETRO no capacete até mudança na cor da placa das motos dos motoboys autorizados a executarem esse serviço.


Em São Paulo a Prefeitura encaminha projeto de lei para proibir caronas nas motos e bagageiro de carga, o que acabaria com a profissão de motoboy.


É importante lembrar que vários municípios já regulamentaram a profissão e inclusive o TJ do Rio Grande do Sul já decidiu que os municípios têm competência para tal regulamentação, infelizmente em São Francisco do Sul vemos motoboys, os quais eu prefiro chamar de moto-táxi, pois vários profissionais são mulheres, porém sem regulamentação e a margem dos direitos trabalhistas.


É preciso muito mais que apoios para compra de capacetes, ou para colocação de um ponto, é necessário uma legislação que garanta segurança para o trabalhador e para o passageiro que utiliza esse serviço.

Um comentário:

Marco Dickson disse...

Concordo camarada, a regulamentação da classe de motoboys, seja de carga ou de passageiros (moto-taxi), deve ser regulamentada urgentemente, pois com esta deve-se dar a melhor garantia na prestação de serviços à sociedade tanto como a viabilização de direito trabalhistas a essa classe.